11 fevereiro 2012

Dietas já! Adoçante Linea

Eu ia começar o post dizendo "atenção mulherada que está acima do peso", mas dizem que toda mulher quer sempre perder uns 3 kg... E também, mesmo quem é magérrima pode, às vezes, sofrer com diabetes ou hipoglicemia e precisa substituir o açúcar refinado pelo adoçante.

Há vários sites pela internet afora com dados sobre os diversos tipos de adoçantes que existem no mercado. Alguns, artificiais (sacarina - derivada do petróleo e os ciclamatos), derivados de substâncias naturais, como o aspartame, os considerados naturais, como a estévia, a sucralose...

Já ouvi a respeito de pesquisas relacionando alguns desses adoçantes (sacarina, ciclamatos, aspartame) a doenças como depressão (agravo no quadro depressivo) e até com o surgimento de tumores malignos. Alguns não são recomendados para gestantes e crianças, ao contrário do adoçante de sucralose - uma substância da cana-de-açúcar.

Particularmente, nunca me "desceu" algo adoçado com essas coisas, já que, assim como a maioria das pessoas, desde muito cedo fui "abastecida" com o açúcar refinado. Há algum tempo experimentei o de estévia (natural), mas o doce é diferente ao que estou acostumada. Sei lá, não gostei. Até tentei, mas no final sobrou a caixa praticamente cheia aqui em casa. Passei a usar menos o açúcar (daqueles cristal) ao adoçar meus sucos (amo!).

O negócio é que recentemente entrei em um regime de dieta mesmo, pra perder peso, e foi me recomendado pela nutricionista, o adoçante a base de sucralose. Derivado também da mesma matéria prima do açúcar comercial (a cana), diz que teria um sabor praticamente igual. Duvidei, mas resolvi arriscar. Comprei a menor embalagem e fui na fé.

Realmente... Não dá pra sentir diferença! É muito bom e, inclusive, não tem contra indicação para gestantes e crianças pequenas. Empolguei e quero compartilhar essa novidade que, talvez para pessoas acostumadas a fazer dietas, não é novidade. Linea é a marca do adoçante que comprei, mas parece que também existem outras marcas no mercado.



Para quem quiser se aprofundar no mundo dos adoçantes, sugiro algumas leituras:

6 comentários:

  1. nada como um café com açúcar, mas já tem anos que eu uso adoçante. vou do zero cal ao linea, que são os melhores para o meu paladar.
    bjs e ótimo domingo
    tititi da dri

    ResponderExcluir
  2. Puxa eu não gosto de adoçante, não consigo usar, na dieta tento apenas comer menos doces, pois sou viciada em açucar e chocolate.

    beijos

    ;*

    ResponderExcluir
  3. É muito bom mesmo, conheci quando tava grávida, por recomendação da obstetra e nutricionista. Ainda bem que não tive que abandonar meus adoçantes e ainda descobri um melhor hehehe Agora não largo ele mais =)

    ResponderExcluir
  4. Oi, Docinho! Deus te abençoe por essa dica. Tô tentando diminuir a ingestão de açúcar, mas deteeeesto os adoçantes tradicionais. Vou procurar já esse que vc usou. Obrigada!!!

    Um beijo carinhoso.

    ResponderExcluir
  5. Flor linda! Tudo bom? Como sempre amei seu post e a noite eu costumo andar de blog em blog comentando o que acho e escrevendo as minhas loucurinhas em comentários, mas, também estou aqui pra deixar meu link né flor?
    Eu montei uma equipe de militantes da beleza feminina e o tutorial tá bombando, olha lá esse contato que eu fiz com as meninas que estão participando do tutorial, é tudo de bom! http://flashesd.blogspot.com/2012/02/primeiro-contato.html
    Desde já agradeço! E continue escrevendo você é 10!
    Essa daqui é maquiagem da Nicki:
    http://flashesd.blogspot.com/2012/02/nicki-minaj.html
    Beijos, da Lari.

    ResponderExcluir
  6. Menina, dia desses passou no Bem Estar que a associação entre o uso de adoçantes e doenças cerebrais, por assim dizer, é mito. Não faz mal, mas, como você disse, crianças e outros casos não se aconselha, por isso sempre é bom procurar um médico. Quando procurei endocrinologista e nutricionista, comecei a usar, mesmo achando péssimo,mas é incrível como a gente acostuma! Pra mim, hoje em dia, esquisito é com açúcar, e já evoluí para o Stevia, que antes era insuportável, agora eu gosto, é questão de costume mesmo.

    ResponderExcluir

Sintam-se a vontade para comentar! Sua opinião é muito importante e faz o blog melhorar.

Ocorreu um erro neste gadget